Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 25/05/2018

“Pare o mundo que eu quero descer”

Por: Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Reprodução

Os movimentos contrários a manutenção de Antonio Chaves no cargo de prefeito de Jeremoabo nunca foram tão claros  como agora. Os desmandos administrativos como a lavagem da feira, a farra das diárias, os postos de saúde fechados, ruas esburacadas e a ausencia de parto no hospital Regional que se espalhou nas ruas e nas redes sociais balançaram forte o interino e toda a sua cúpula.  

Dessa vez, ao que tudo indica os eleitores reconhecem que tem um “poder” muito maior do que imaginam. Logo, aquela máxima de quem sente o gosto de sangue na boca acaba se tornando sanguinário está valendo.

De repente ao descobrir que podem mudar o estado de coisas a que estão submetidos há mais de 20 anos, parece que o próximo passo será a derrubada do atual Governo já muito desgastado. Como diria o compositor Silvio Brito, “pare o mundo que eu quero descer”.

 

 


Busca



Enquete

Voce prefere o horário de Verão?



Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados