Polícia

Paulo Afonso - Bahia - 22/03/2024

Polícia Federal cumpre mandado e prende Robinho em condomínio no litoral de SP

Por Vanessa Ortiz, Gabriel Gatto e Isabella Lima - Fonte: Redação Terra
REUTERS/Toru Hanai
A PF chegou ao condomínio onde o jogador mora em Santos (SP) na quinta-feira, 21.
A PF chegou ao condomínio onde o jogador mora em Santos (SP) na quinta-feira, 21.

A Polícia Federal cumpriu o mandado da Justiça Federal e prendeu Robinho no condomínio onde o jogador mora, na noite desta quinta-feira, 21. O Terra acompanhou o momento em que a equipe da PF chegou ao endereço do jogador em Santos, no litoral de São Paulo.

Os agentes deixaram o condomínio, na orla de Santos, cerca de uma hora depois em direção à sede da Polícia Federal, no centro da cidade. Robinho foi levado à PF em um carro descaracterizado, deve passar por exame de corpo delito e audiência de custódia, para então ser encaminhado a uma penitenciária.O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido de habeas corpus da defesa de Robinho e manteve a decretação de sua prisão pelo crime de estupro cometido na Itália.

A ação da Polícia Federal aconteceu após a Justiça Federal de Santos expedir o mandado de prisão contra o jogador no fim da tarde desta quinta-feira. A decisão do juiz federal Mateus Castelo Branco Firmino atende ao ofício assinado pela presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura. 

De acordo com o STJ, um comunicado sobre a decisão foi encaminhado à Justiça Federal de Santos (SP) para o cumprimento da prisão, acompanhado de uma cópia da certidão do julgamento e da decisão traduzida da Justiça italiana. 

Cumprimento de pena no Brasil

Na quarta-feira, 20, os magistrados do STJ homologaram a sentença da Justiça italiana, que condenou o ex-jogador a nove anos de prisão. A pena deve ser cumprida em regime inicial fechado, no Brasil. O placar do julgamento foi de nove ministros favoráveis e dois contrários à decisão.

O STJ também decidiu que Robinho deve ser imediatamente preso, divergindo de outra ala que argumentava que a prisão deveria ocorrer somente após o trânsito em julgado, ou seja, após esgotados todos os recursos. 

Segundo os ministros, Robinho deve ficar em regime fechado devido o crime ser considerado grave e ter pena maior que oito anos. As questões relacionadas à progressão do regime de pena deverão seguir as normas da Lei de Crimes Hediondos e da Lei de Execução Penal brasileiras.

*Da redação) = Primeiro foi Robinho, depois Daniel Alves. Se a moda pega. 


 


Últimas

1 até 20 de 851   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados