Regional

Paulo Afonso - Bahia - 28/01/2024

A política cotidiana dos vereadores e as relações entre executivo e legislativo em Jeremoabo

Por: Dedé Montalvão
Divulgação

A politicagem em Jeremoabo alcançou um nível tão baixo de degradação moral e ética que os eleitores estão tendo dificuldade em saber quem é mais corrupto: o prefeito e seus aliados ou a câmara de vereadores. 

A situação é extremamente delicada, pois se os corruptos forem expostos, as consequências serão graves. Esse fato fica evidente quando tanto o atual gestor quanto os vereadores decidem fazer uso das redes sociais e de emissoras de rádio para colocar em prática a teoria de Lenin.

Não é de hoje que o prefeito, alguns de seus secretários e os próprios vereadores seguem o ensinamento de Lênin ("Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é"). Nos últimos dias, os líderes do legislativo e do executivo abusaram dessa tática.

Os profissionais da política estão agarrando-se a qualquer pequeno ato de injustiça para justificar seus espetáculos, acusando os adversários exatamente do que eles mesmos praticam.

Essa estratégia de "Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é" tem sido utilizada de forma recorrente. A CPI foi uma farsa, os vídeos e comentários sobre a demolição do Parque de Exposição, da Casa de Repouso em Salvador, as denúncias de corrupção e muitas outras acusações, tudo isso foi em vão.

Enquanto isso, o município está afundando em incompetência e corrupção por parte do prefeito, que se beneficia da impunidade, omissão e ineficiência dos vereadores.



 


Últimas

1 até 20 de 2074   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados