Regional

Paulo Afonso = Bahia - 19/01/2024

Deri do Paloma atribui dificuldades no orçamento do município a oposição na Câmara de Vereadores de Jeremoabo

Manoel Alves
Divulgação

O prefeito da cidade de Jeremoabo, Derisvaldo José dos Santos (Deri do Paloma), esteve na manhã desta quarta-feira (17), concedendo entrevista a Rádio Regional FM e Vaza Barris FM, onde pôde mais uma vez informar a população jeremoabense e da região, como sua gestão tem enfrentado os desafios constantes para gerir o município com recursos dentro dos limites impostos pela Câmara de Vereadores.

Na entrevista, Deri não ponderou ao atribuir a escassez financeira da Prefeitura  ao Poder Legislativo, uma vez que quem dita as regras de quanto pode ser gasto é a maioria  dos vereadores, hoje formada pela bancada de oposição na Câmara. “Os nossos adversários ( vereadores de  oposição), toda vida tiveram 100% , e se quisessem 150, eles arranjavam uma forma para aumentar o recurso, mas, eles não aceitam a vitória de  Deri do Paloma. Como é que em outras cidades tem-se a aprovação de 70, 80, 90 e até 100% dos recursos para as prefeituras e em Jeremoabo só deram 5% para Deri da Paloma? Isso é para que eu possa está sempre mendigando a eles”, disse o gestor.

É obvio que todo mandatário que tem a minoria de sua bancada no Legislativo, tem de nadar contra a correnteza, ou seja, para a oposição, quanto pior, melhor. Com a receita limitada, o prefeito tem que fazer milagre para tocar obras, pagar o servidor municipal e manter os serviços considerados essenciais como educação, saúde, infraestrutura e social. “ Eu fui o único prefeito da cidade de Jeremoabo, que trabalhou sem ter o apoio da maioria dos vereadores na Câmara”, esclareceu Deri.

Falta dinheiro na Prefeitura, enquanto a Câmara faz farra com o erário público

O prefeito Deri do Paloma e a população mais carente de Jeremoabo até agora não conseguiram entender como uma Câmara de Vereadores aprova apenas 5% do recurso destinado para o município  neste ano  de 2024, quando a presidência da Casa tem gastado horrores com combustível e locação de veículo. “ Ele (presidente da Câmara de Jeremoabo, Kaká de Sonso), gastou mais de 200% a  mais que Cícero Danta com a verba de combustível, ele também adquiriu um veículo no valor de 150 mim reais, para o “boêmio” passear”, comentou o prefeito ao questionar os gastos e regalias do Sr. Presidente da Câmara de Vereadores de Jeremoabo.


Últimas

1 até 20 de 2074   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados