Economia

Paulo Afonso - Bahia - 08/01/2024

Opiniões divididas: sistema de Zona Azul deve ser implantado em Paulo Afonso ainda neste ano e assunto ganha repercussão

(por Washington Luís)
Divulgação

Um assunto que há muitos anos vem sendo discutido e rediscutido em Paulo Afonso, parece que neste ano de Eleições Municipais terá um desfecho que não deverá ser bem aceito por uma parte significativa da população.

Na volta das atividades após o recesso parlamentar, a Câmara Municipal deve votar um Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que cria o serviço de estacionamento rotativo (Zona Azul), no município. Com a aprovação do PL, já tido como ‘favas contadas’, a Prefeitura deve  abrir um processo licitatório para contratação de uma empresa privada para executar a cobrança.

As opiniões se dividem entre os futuros contribuintes. Alguns acham que “Zona Azul é coisa de capitais ou de cidades relativamente grandes”, mas entre os empresários que possuem lojas no centro da cidade, a maioria aprova. Maciel Teixeira atua no ramo de confecções e acessórios há mais de três décadas e diz que a iniciativa deveria ter sido tomada há muito tempo. Segundo ele, a quantidade de veículos de Paulo Afonso é extremamente grande para poucas vagas de estacionamento, e a Zona Azul é um caminho para a disciplina.

“Nós devemos entender que não temos um segundo estacionamento fora da nossa residência, e a Zona Azul vai servir para nos educar no sentido de usar outras opções de transporte. As vagas de estacionamento devem ser destinadas exclusivamente aos clientes, que são os contribuintes do comércio e muitas vezes não conseguem estacionar porque a vaga está sendo usada pelo próprio dono da loja“, observa.

Sobre a repercussão do assunto no ano em que o atual prefeito Marcondes Francisco deve lançar sua candidatura à reeleição, Maciel diz que pautar as ações do Governo Municipal pensando na campanha política é não respeitar a opinião pública.

“Nós temos que acabar com essa preocupação de fazer as coisas pensando na política. A prioridade deve ser quem movimenta a renda do município, gasta seu dinheiro no comércio, paga impostos e ajuda o empresário a crescer e gerar empregos. São essas pessoas que têm que ser respeitadas”, conclui

Por sua vez, a Prefeitura justifica que o Projeto visa a ampliar a oferta de vagas de estacionamento para os clientes do comércio, ordenando o trânsito no centro da cidade. O sistema democratiza o uso das vagas disponíveis, possibilitando a utilização pelo maior número possível de usuários.


Últimas

1 até 20 de 2393   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados