Regional

Paulo Afonso- Bahia - 08/12/2023

Vereadora Dorilândia chora na tribuna e desabafa ao dizer que sofre perseguição política por parte do prefeito Rogério Ferreira

SITE Manoel Alves
Divulgação

Na sessão da última terça-feira (05), a vereadora Dorilândia Alves, se emocionou e chorou após um desabafo em suas palavras na Tribuna, ao dizer que vem sendo duramente perseguida pelo atual prefeito Rogério Ferreira, talvez por ser a única vereadora mulher dessa legislatura na Câmara de Vereadores de Jatobá-PE.  

Segundo Dorilândia o gestor tem se utilizado dos microfones da rádio local para questionar a parlamentar, de um empréstimo feito pela vereadora no início de seu mandato. Dorilândia explicou que fez o referido empréstimo com o salário que ganha da Câmara para financiar a compra de um veículo, que segundo ela, será quitado em dezembro do próximo ano. “ Se eu não quisesse que ninguém  soubesse que eu teria feito esse empréstimo, eu mesmo não teria falado aqui nessa Casa, fiz sim o empréstimo do carro que estou com ele ali fora e vou terminar de pagar em dezembro do ano que vem. Não bote palavras na minha boca, e nem fale inverdades na rádio de que eu não quero o bem das pessoas da Boa Esperança e do pessoal da Beira Rio”, disse emocionada a parlamentar. 

A suposta perseguição do prefeito como frisou a vereadora, está relacionada ao empréstimo de 2 milhões de reais, de autoria do Executivo, através de um Projeto de Lei, encaminhado ao Legislativo, mas que foi barrado pela oposição. “ Eu só não aprovei o projeto porque eu sabia que o senhor não ia fazer, mas quando o senhor diz que quando quer fazer, faz, eu lhe pergunto: por que ainda não fez”? Questionou a parlamentar.  

Como mulher, Dorilândia demostrou um sentimento de medo, ao relatar às inúmeras perseguições quem vem sofrendo por parte do mandatário do município, uma vez que nunca aceitou nem uma proposta indecente para apoiar o projeto do prefeito que busca desesperadamente a reeleição. “Eu não tinha medo de você prefeito, mas lhe confesso que agora eu tenho. Pelo amor de Deus eu lhe peço, pare de me perseguir”, externou a vereadora com a voz em tom de súplica e temor. 


Últimas

1 até 20 de 2074   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados