Economia

Paulo Afonso - 08/04/2010

Chesfianos protestam contra novo plano de cargos e remuneração

Washington Luís da agência de Notícias de Paulo Afonso
Beny Bahia

 Nesta quarta feira (07) no Memorial Chesf em Paulo Afonso, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco realizou conferência simultânea transmitida via satélite para todas as gerências regionais de operação, cujo objetivo foi apresentar aos seus empregados o novo modelo de gestão implantado a partir da unificação das empresas do sistema Eletrobrás, bem como os novos planos de carreira e remuneração. Presentes no encontro, além do administrador da APA, Gilberto de Barros Pedrosa Júnior e sua assessora, Marileide Brasil, o chefe de gabinete da Diretoria Administrativa da CHESF, Carlos Aguiar, funcionários de diversos setores da empresa e sindicalistas. Carlos Aguiar explicou à nossa reportagem que o processo do novo plano de carreira e reajuste (PCR) teve início em 2009 e foi discutido e aprovado pela Diretoria e pelo Conselho de Administração da Eletrobrás e pelos Ministérios de Minas e Energia e do Planejamento. "Primeiro é preciso implantar o plano para poder corrigir eventuais falhas", garantiu. Para o diretor do SINERGIA, Iranilton Leal, as explicações apresentadas pela CHESF não convenceram, pois cometem injustiças uma vez que classificam empregados com o mesmo tempo de serviço e funções idênticas, em categorias salariais diferentes. Segundo Iranilton, há previsão de uma paralisação nacional no próximo dia 12, em todas as empresas do Grupo Eletrobrás, exigindo PCR único.


Últimas

1 até 20 de 1812   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Para qual partido Jair Bolsonaro deve ir ao deixar o PSL? Vote na enquete!


































Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados