Polícia

Paulo Afonso - 05/04/2010

Preso em Salvador, suposto pistoleiro confessa 50 assassinatos

Informações do Portal Terra
Divulgação

Policiais de Salvador prenderam na madrugada de domingo um suposto pistoleiro de 26 anos conhecido como Fumaça.

Ele era procurado também no município pernambucano de Orobó. O suspeito teria confessado, diante do delegado Geovani Panhanhos, na 5ª Delegacia de Polícia de Periperi, que já foi condenado a 24 anos de prisão por assassinato, cumpriu nove, e disse já ter matado mais de 50 pessoas. "Até por R$ 2 mil já matei", afirmou o suspeito, que é natural de Salvador. A prisão se deu durante ação da Polícia Militar (PM) para conter tiroteio que ocorria em Fazenda Coutos III, bairro na periferia da capital baiana. O conflito, que deixou sete pessoas feridas a bala e mais um morto não identificado, foi, segundo os agentes, resultado de briga por ponto de tráfico. Um dos comandantes da boca é um adolescente de 14 anos, que fugiu. Na operação de captura, os policiais encontraram Fumaça, que chegou a invadir uma casa na tentativa de fuga. Com ele a polícia apreendeu uma espingarda calibre 12 e dois cartuchos. Segundo a polícia, os ferimentos causados nas vítimas são compatíveis com o calibre da arma encontrada com o pistoleiro. O suspeito disse aos policiais que não tinha ligação com a briga entre comandantes do tráfico na região. "Estava no lugar errado, na hora errada", afirmou. O suspeito teria contado à polícia que começou a matar, "a mando", após o assassinato de um irmão.


Últimas

1 até 20 de 701   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem venceria a eleição para prefeito em Jeremoabo?







Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados