Bastidores

Paulo Afonso Bahia - 03/05/2021

A cereja

Luiz Brito
Divulgação

A cereja do bolo 

O Senado é a cereja do bolo da próxima eleição; Além do maior salário do país, vantagens e regalias para toda a família é um grande atrativo. Isto, sem falar na imunidade parlamentar até 2030! Porém, há homens públicos que não pensam nisso, pensam na possibilidade de ajudar o Brasil a sair do buraco em que se meteu.  O problema é que quem enfiou o país nesse buraco foi exatamente os políticos que estão aí. Por isso, são ávidos pelo poder. Ainda é a melhor coisa do mundo, é administrar o dinheiro que não lhe pertence.

Aluga-se 

Embora seja detentora de uma frota considerada suficiente para suprir as prioridades dos setores realmente produtivos, a exemplo da coleta de lixo, a quantidade veículos locados pela prefeitura de Paulo Afonso chama a atenção. Segundo uma fonte que pediu a proteção do anonimato, o vencedor de um desses contratos, não tem, sequer metade da frota locada pela prefeitura. O principal suspeito, é um dos alvos da investigação que apura possíveis irregularidades nos contratos. Além dele, há também na mira outros donos de empresas do ramo. Todo o procedimento teria ocorrido com ajuda de um funcionário da PMPA.

Bares

A abertura dos bares, em Paulo Afonso, neste período de pandemia de Covid-19, não está sendo defendida por nenhum vereador, parece até que ninguém bebe por lá. Alguém deveria propor tornar-se obrigatório. Basta apenas determinar a aferição da temperatura de funcionários e clientes enquanto durar a crise sanitária. Os bares devem manter suas atividades, pois trabalhadores do setor precisam sobreviver e os proprietários desses estabelecimentos precisam pagar aluguel e outras despesas.

A  não ser que surjam fatos novos  

Dentro do atual contexto das denúncias já feitas, algumas em investigações policiais, outras na justiça. Não vejo um alcance bombástico para a “CPI da Saúde”. Ao não ser que surjam fatos novos no seu decorrer.

Conversando, Conversando, Conversando

O ex-vereador Mário Galinho (PSDB) tem atuado muito nos bastidores, ultimamente, e vem conversando com empresários locais e políticos do município e do estado, na busca de apoio.

O restante foi romantismo

Quando vejo hoje, nos meus mais de 30 anos de radiodifusão, alguém falar em “perseguição política”, acho graça. Perseguição sofreu  Adauto Pereira de Souza, Abel Barbosa, Lázaro Bilac de Souza, Evandro Paiva e José Ivaldo de Brito Ferreira, contra os quais se juntou parte da imprensa e figuras jurídicas para lhes derrubar, forjando denúncias para repercutir na mídia local, e lhes entupir de processos. O restante, foi puro romantismo.

Misturados

O deputado Mário Negromonte Júnior (PP) e o vereador Marconi Daniel, podem se unir em 2022. É o que avalia a liderança do PROGRESSISTAS. Essa mesma liderança entende que há espaço para um acordo entre M e M passando pela sucessão estadual de 2022. Só o tempo dirá.

 

Adágio popular: Partido nanico é como uma mulher infiel, não fica numa só cama muito tempo.

 

 

 


Últimas

1 até 20 de 2005   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Você está se sentindo seguro(a) para tomar a vacina contra covid-19 ?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados