Política

Paulo Afonso - Bahia - 05/04/2021

Coluna do Bob - Não existe inimigo político

Luiz Brito
Foto: Divulgação
Luizinho da Embasa e Mário Júnior
Luizinho da Embasa e Mário Júnior

Algo que mais de quatro décadas de jornalismo me ensinou foi o de não tomar partido em briga política. Um milho aqui, outro ali, e todos acabam felizes e abraçados. O último exemplo: Mário Negromonte Júnior no governo. Na política, aprendam de uma vez por todas, não existe inimigo político, existe adversário por conveniência política de um momento. Na política, boi costuma voar.

Se arrependimento matasse

Aliás, por falar em tomar partido, não aposto um dólar furado na permanência do deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP) e seus correligionários nessa suposta aliança com o governo Luiz de Deus. Há quem diga que a cúpula liderada por ele, já estaria com um pé dentro e outro fora de um governo que na verdade nunca entrou ou nunca existiu. Deve estar arrependido do pacto.

Alcides foi Modesto

O ex-deputado federal Alcides Modesto Coelho (PT) foi acometido do mal da fadiga política do mandato, com amplas possibilidades de se reeleger, foi Modesto e simplesmente não quis concorrer à reeleição. Outros deputados não entregam os pontos, passam as sessões dormindo nas poltronas, são mudos, faltam às reuniões, mas não largam o osso. 

 

 


Últimas

1 até 20 de 7180   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia da Covid-19?








Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados