Regional

Paulo Afonso - Bahia - 10/12/2020

Vereador reeleito pode não ser diplomado em Glória (BA)

Texto Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Francisco Sales - A região em Destaque

Crescem os rumores de que a justiça pode instaurar procedimento de declaração de eventual perda de mandato do vereador reeleito Gilmar Pereira (PP), segundo colocado na eleição de Glória (BA), em novembro último. Motivo: O parlamentar foi réu na operação Benevícios da Policia Federal em Juazeiro (BA). Dos treze envolvidos, apenas quatro recorreram ao STF, entre eles Gilmar Pereira, todavia, não tiveram conhecidos seus recursos pelo TRF da 1ª Região. Em 23 de janeiro de 2013, o Juiz federal Fábio Ramiro Moreira condenou os réus, entre eles Gilmar Pereira pelo crime de corrupção ativa, art. 333 do Código penal, a quatro anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto, vigente em 1° de dezembro de 2009 data da deflagração da Operação.

Quando se imaginou que o processo havia se encerrado eis que esta semana o caso voltou a ser comentado, inclusive havendo a possibilidade de Gilmar Pereira não ser diplomado o que levanta a possibilidade dele ter seus direitos políticos suspensos, culminando com a perda de mandato. Pesa contra Gilmar Pereira, uma certidão negativa apresentada por ele à época, obtida na cidade de Vitória da Conquista. Gilmar Pereira não foi localizado pela reportagem do SITE.


Últimas

1 até 20 de 1628   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia da Covid-19?








Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados