Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 06/12/2020

Mário Negromonte Júnior, Diego Odisséia e Raimundo Caires

Texto: Luiz Brito
Foto: PA4

Com a reeleição de Luiz de Deus para a prefeitura, o grupo se fortaleceu. Já vazou para a imprensa que alguns caciques que o apoiaram vão com uma faca afiada na garganta do chefe por mais cargos e espaços nas tetas da viúva. Pelo visto a prefeitura será pequena para o tamanho da bula. Acontece que a venta do Luiz é furada em baixo e não dos lados, mas é necessário cautela.

Mário Negromonte Júnior, Diego Odisséia e Raimundo Caires esse trio é a maior pedreira que o prefeito terá pela frente. Se fortalecer o grupo dentro do governo pode se arrepender mais na frente; se deixar de negociar espaços de poder fortalece do mesmo jeito a oposição a ele. O mais grave é que Mário Junior pode se aliar a ACM num futuro bem próximo. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Como todo político, quer deixar a sua boa marca, Luiz de Deus tem muito que governar e articular.

 


Busca



Enquete

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia da Covid-19?








Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados