Política

Paulo Afonso - Bahia - 11/09/2020

Coluna do Bob

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Divulgação

VAI DOER NO BOLSO

Um conhecido servidor público que é fervoroso defensor do Prefeito nas redes sociais foi condenado a pagar a bagatela de R$ 53.205,00 por ter divulgado números de pesquisa eleitoral fraudulenta. Esse valor, diga-se de passagem, é o mínimo que se paga quem ousa propagar números de pesquisa eleitoral sem o devido registro na Justiça Eleitoral. A coluna tem notícia que uma diretora de escola municipal, também aliada do Prefeito, já foi representada pelos mesmos motivos. Sobre esse caso, logo logo traremos novidades.

ARQUIVADO

Falando em Justiça Eleitoral, foi arquivada por falta de provas e informações uma representacao feita pelo PSD, partido do Prefeito Luiz de Deus, contra o jornalista Dimas Roque e o pré-candidato Anilton Bastos por suposta realização de propaganda eleitoral antecipada. Segundo a decisão judicial, faltaram elementos necessários para prosseguir a ação, que acabou literalmente, ïndo para o brejo”conforme jargão popular.

MÃOS AO ALTO

Quando você entra hoje num supermercardo para comprar o arroz e o feijão de cada dia, ou numa farmácia, já é de mãos ao alto, porque é o mesmo que ser assaltado. Não há argumento da equipe econômica do governo que convença que isso não é um assalto.

VAMOS DAR VIVA A ELE 

Se o estampido de fogos de artificio representar vitória, o Dr. Luiz de Deus (PSD) já pode encomendar o novo paléto de posse. O foguetório impressionou. Deve ter gastado ou fortuna. 


Busca



Enquete

Você acha que a Prefeitura deve liberar o comércio, manter como está ou fechar de vez?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados