Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 01/08/2020

Fila sem proteção alguma não só no BTN

Geraldo Alves - Comunicador popular
Foto: Reprodução/Facebook

DECRETOS PARA QUEM?

O chefe do poder executivo de Paulo Afonso – BA toma “decisões” sem ouvir as representações populares e sem ofertar também a iniciativa privada condições mínimas de planejamento. E não só às casas lotéricas como os supermercados não estão tendo um olhar para uma melhor organização externa para acomodar seus clientes. Sim, cabe ao poder público assegurar estrutura que possibilite que as pessoas organizadas em fila tenham proteção das intempéries do tempo.

É sim uma questão de saúde pública disciplinar as filas em vias públicas, salvo o fato de que o poder executivo municipal tenha transferido a iniciativa privada os cuidados com às vias públicas em uma espécie de concessão, fato que se por ventura tenha ocorrido não é de domínio publico não parece ter passado por analise do poder legislativo. São esse tipo de informações que carece atender aos princípios da legalidade, da transparência enquanto princípios norteadores de uma gestão publica eficiente e responsável. Ainda no campo das suposições é necessário maior atual dos órgãos de controle social assim como dos poderes legislativo e judiciário e é extensivo à mídia local.

Falta planejamento por parte de uma gestão carcomida que não consegue promover ações eficiente que assegure bem estar. 


Busca



Enquete

Você acha que a Prefeitura deve liberar o comércio, manter como está ou fechar de vez?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados