Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 14/03/2020

Quem é que vai pagar por isso?

Luiz Brito DRT/BA 3.913 é radialista
Foto:Divulgação

Só este ano, em menos de 3 meses, três denúncas graves de mortes e falta de cuidados pipocaram nas redes sociais, emissoras de rádio  e sites locais. A  morte da mãe do bebê no HNAS;  o caso do mototaxista que quebrou a perna e ficou penando uns 20 dias ou mais, sem solução em PA e continuou em Juazeiro e agora a morte dessa adolescente, no BTN, que é o bairro que decide a eleição que vem bem ai. 

Não custa recordar que num passado recente o então prefeito e médico Anilton Bastos Pereira, fechou literalmente a maternidade do BTN e nos dias atuais o  prefeito e médico Luiz de Deus, esta assumindo gradativamente  a gestão do HNAS. Justamente nesse ano de eleições.

As vítimas

1 - Mae e bebê, oriundos do meio rural; o mototaxista, do meio de uma classe que contuma ser unida; e a adolescente do BTN, (centenas de milhares de eleitores nessa faixa etária que não anda nada satisfeita com a atual conjuntura).

Particularmente acho que a saúde é um barril de pólvora e talvez por isso mesmo,  os governos do Estado e do município, correm contra o tempo para inaugurar a  UTI  de 10 leitos, que indubitavelmente será outro gargalo ainda maior, porque o aparelho vai ficar à disposição de mais de 500 mil almas vivas que habitam entre os estados de Alagoas, Sergipe, Pernanbuco e Bahia.

Para ilustrar o temebroso cenário, agora vem à tona esse visitante indesejado, o Coronavírus

A continuar do jeito que vai, Luiz de Deus e Anilton, médicos  e uma denúncia atrás da outra na saúde, vai pegar muito mal para ambos nessas eleições. O cenário é nebuloso e a tendência mostra  que dia-a-dia fica mais mais difícil sentar ou permanecer na cadeira de prefeito a partir de 2021. 


Busca



Enquete

Dos pré candidatos abaixo relacionados quem vc acha que tem chance de se eleger?











Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados