Bastidores

Paulo Afonso - Bahia - 15/11/2019

Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás

Luiz Brito
Foto: Arquivo

Durante este ano de 2019  ninguém foi um crítico mais duro até aqui do que o vereador Mário César Barreto de Azevedo  em relação ao governo Luiz de Deus.  Até então, normal na política. Mas naquele episódio  em que o Mário chamou o ex-prefeito de “bandido”, foi deprimente.

Discurso cansativo 

É papel da oposição, fazer oposição. Mas os discursos dos  vereadores Mário César Barreto de Azevedo e Zé Carlos do BTN, estão ficando cansativos, repetitivos,  principamente naquele fatídico episódio da aprovação dos 80 milhões.  

Como um magistrado 

O líder do governo na Câmara, Marcondes Francisco dos Santos (foto) na sessão da segunda-feira, 11, reagiu com calma ao ataque direcionado pelo vereador Zezinho do INPS em relação ao governo. Impressionante, a calma do Conde, agindo sempre como um magistrado na mediação do diálogo entre governo e os ataque advindo da oposição .

Sem nome 

A oposição em Glória ainda não definiu um nome para enfrentar o prefeito David no próximo ano. Para o colunista Francisco Sales, um nome que uniria toda a oposição seria o do empresário Cícero da graja Moraes. Todavia, acho improvável que ele aceite. Até porque numa disputa pela prefeitura é essencial ao candidato ter de largada uma forte chapa de candidatos a vereadores, que são os que vão brigar pelos votos na cidade e no meio rural. E neste quesito o empresário leva nítida desvantagem. 


Últimas

1 até 20 de 1958   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Você acha que Paulo Afonso corre risco de receber o coronavírus?



Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados