Política

Paulo Afonso - Bahia - 06/11/2019

15 mil eleitores ainda não têm cadastro biométrico em Paulo Afonso

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto:Divulgação

Apesar dos esforços do  Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para cadastrar a população,  15.151 eleitores pertencentes à 181ª e 84ª ZE ainda não atenderam a convocação da Justiça Eleitoral. Parte deles terá o título cancelado caso não faça a coleta de impressões digitais e a atualização de dados até maio de 2020, já que a biometria será obrigatória em várias cidades do país.

Os números: O meio rural tem 11.956 votantes. Até 09/09/2019 10.113 fizeram o cadastramento. Restam: 1.843.

Em Paulo Afonso Até o dia 06/09/2018 o TRE contabilizou 81.179 eleitores. Em 02/10/2019, 66.028 eleitores haviam atendido à convocação do TRE. Um déficit de 15.151.

Os números preocupam, uma vez que aqueles que não informarem seus dados biométricos terão seus títulos cancelados e estarão impedidos de participar das Eleições Municipais de 2020.

O cadastramento da biometria é obrigatório e evita problemas judiciais. Caso o documento seja cancelado, o eleitor perde a chance de escolher seus representantes políticos, receber benefícios sociais, como bolsa família e aposentadorias, obter empréstimos, fazer matrícula em universidades, tirar passaporte e assumir cargos públicos.

No Brasil, há 146 milhões de eleitores. A meta do TSE é que a votação com biometria seja obrigatória em todo o Brasil nas eleições de 2022.


Busca



Enquete

Povo decidirá sobre municípios com menos de 5 mil pessoas, diz Bolsonaro. VC é a favor ou contra ?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados