Política

Paulo Afonso - Bahia - 14/08/2019

Projeto de Reestruturação da Justiça Federal pode retirar competências de Paulo Afonso

Dorisvan Lira com Luiz Brito
Foto: Divulgação

 

O projeto de Reestruturação da Justiça Federal da Bahia pode representar retrocesso para Paulo Afonso e região, caso aprovada, a proposta que prevê tornar a subseção um juizado especial. O que significa que diversos temas como ações penais, julgamentos referentes a valores retroativos previdenciários e algumas ações que tenham o Estado como réu serão julgadas na capital baiana.

A discussão foi levantada em razão de estudo técnico do Conselho Nacional de Justiça-CNJ, que detectou, por dados estatísticos, que algumas Varas Federais do interior da Bahia, tal como Paulo Afonso, Guanambi, Alagoinhas e Jequié, estão com volume processual que chega a ultrapassar o assustador índice de 220% da capacidade de trabalho.

Contudo, a melhor solução, aponta a OAB de Paulo Afonso e advogados ouvidos pela reportagem seria a criação de uma 2ª vara federal. O que ajudaria a atender as demandas da região sem diminuir competências.

Segundo o CNJ, a subseção federal de Paulo Afonso tem a 2ª maior distribuição no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, ficando atrás, apenas, de Picos-PI. São mais 15 mil processos por ano apenas em Paulo Afonso, segundo dados.

No próximo dia 16 de agosto, às 09h, na sala da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa da Bahia, haverá audiência pública para tratar de tema de interesse da sociedade baiana, e que merece toda nossa atenção. Vai estar em debate a reestruturação da Justiça Federal na Bahia e a criação do Tribunal Regional Federal da 8ª Região.


Busca



Enquete

Qual a sua posição sobre projeto de abuso de autoridade? Sou contra




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados