Política

Paulo Afonso - Bahia - 16/07/2019

Enquanto Delmiro Gouveia busca alternativa em Brasília (DF), Paulo Afonso dorme em berço esplêndido

Luiz Brito DRT/BA 3.913
(Foto: divulgação)

Li há pouco uma publicação no jornal Folha Sertaneja, do professor Antônio Galdino que a secretária Municipal de Cultura, Turismo, e Esportes, do município de Delmiro Gouveia (AL), Patrícia Brasil, esteve em Brasília (DF) levando a tira colo uma comitiva formada por empresários para uma audiência com o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR), Gilson Neto.  O tema da conversa foi focado no destravamento de vários projetos que impedem o desenvolvimento da região, onde já são gerados mais de 6.500 empregos e que está em plena fase expansão rumo ao turismo internacional. Patrícia Brasil relatou o objetivo da audiência. “Assim como em nossa região, o turismo em Delmiro Gouveia vem crescendo a cada dia e é preciso que nós, como representantes dos empresários e do povo delmirense estejamos engajados no crescimento do setor, para que possamos ajudar na geração de emprego e renda”, frisou.

Para atender às demanadas de Delmiro Gouveia, o presidente da EMBRATUR Gilson Neto ressaltou que “serão realizado estudos para ampliar a capacidade do aeroporto de Paulo Afonso na Bahia, para viabilizar a descida de aviões de grande porte vindos da Europa para essa parte do sertão, para que assim possamos internacionalizar o turismo dessa região”. Veja aonde chegamos. Vamos servir de apoio ao município vizinho. Ou seja, vamos continuar perdendo espaço como já perdemos para Piranhas(AL) e Canindé de são Francisco(SE).

Politicamente o município de Delmiro Gouveia passa por momentos difíceis, inclusive com indícios de que o prefeito do município pode ser cassado a qualquer momento. Todavia, a roda gira. Enquanto isso, Paulo Afonso dorme em berço esplêndido.

Recado

Não adianta uma política severa de contenção, à custa da economia local. Sem geração de renda, sem circulação de dinheiro, não há quem resista. Sem a participação do governo, especialmente em um município periférico como Paulo Afonso, não se gera renda e não se movimenta a máquina de serviços.

Críticas

Enquanto o vereador Mário Galinho (SD) insistir nas redes sociais com suas críticas ao secretário de Esporte e Cultura, José Jânio Soares, o (Janinho), inclusive insistindo veementemente para que o  eterno secretário  saia de fininho, nada vai mudar. O que se sabe é que ele (Janinho), embora seja o  principal responsável pelo travamento do turismo,  da cultura e do esporte em nível local, nunca passou pela sua cabeça,  em deixar o cargo.

Quando às criticas do vereador Galinho, no momento em ele deixar Janinho de lado, talvez o prefeito Luiz de Deus mostre o caminho de casa ao secretário/escritor.  Do contrário, tudo vai continuar como Dantes no quartel de Abrantes.

 


Busca



Enquete

Qual a sua posição sobre projeto de abuso de autoridade? Sou contra




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados