Política

Paulo Afonso - Bahia - 11/07/2019

Paulo Rangel sobre a votação da reforma da Previdência “O trabalhador vai pagar mais e receber menos”

Assessoria parlamentar do deputado
(Foto: divulgação)
Parabéns àqueles que disseram não a mais esse golpe!”, enfatizou Rangel.
Parabéns àqueles que disseram não a mais esse golpe!”, enfatizou Rangel.

Com 131 votos contrários, o plenário da Câmara Federal aprovou, nesta quarta (10), o texto principal da Reforma da Previdência (PEC 06/2019), uma reforma cruel que penaliza os mais pobres, retira direito dos trabalhadores e inviabiliza a aposentadoria para milhões de brasileiros.

Diante desse cenário, o deputado estadual Paulo Rangel - PT desabafa indignado com a votação (379 votos favoráveis). “O que esta acontecendo com essa proposta é muito grave.

A população não tem conhecimento do quanto vai atingir os seus interesses pessoais, não como individuo, mas como sociedade.

Enquanto sociedade vamos passar por alguns períodos bem difíceis depois da reforma aprovada”, ressalta. "Um absurdo o que vimos ontem. Uma Câmara de deputados covarde, tosca, fisiológica... Vendendo-se aos interesses de um Governo vendido, estúpido, tolo e mesquinho.

Ganharam os grandes interesses do capital financeiro, perdeu um povo sofrido, abandonado, tolhido cada vez mais nos seus direitos. 

Vai-se a esperança de um conforto digno e merecido na velhice. Ficam atendidas as expectativas de uma maioria de congressistas vendidos, emporcalhados, carcomidos nas suas dignidades de bem representar os interesses da maioria do povo, principalmente dos mais pobres e desassistidos. 

Destitui-se a cada dia a República, institui-se paulatinamente a barbárie.  Parabéns àqueles que disseram não a mais esse golpe!”, enfatizou Rangel.


Últimas

1 até 20 de 5634   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Qual área merece maior atenção em Paulo Afonso ?










Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados