Política

Paulo Afonso - Bahia - 07/03/2019

Minas e Energia divulga leilões de energia elétrica até 2021

Por Agência Brasil Brasília
Foto: - Marcello Casal jr/Agência Brasil
Eletrosul e Chesf podem ser vetadas em leilões de energia da Aneel
Eletrosul e Chesf podem ser vetadas em leilões de energia da Aneel

O Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou hoje (6), no Diário Oficial da União (DOU), as portarias de número 151 e 152, publicadas na seção 1, com o calendário de leilões de compra de energia elétrica de novos empreendimentos e de geração existente que serão realizados neste e nos próximos dois anos, no período de 2019 a 2021.

Segundo informações da Aneel, divulgadas em dezembro do ano passado foram abertos processos para avaliar a aplicação da penalidade à Eletrosul e à Chesf, empresas com atuação focada nas regiões Sul e Nordeste

Mais duas subsidiárias da Eletrobras poderão ter a participação vetada em leilões para novos projetos de energia se a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) punir a estatal devido a atrasos na entrega de obras nos últimos anos.

Segundo informações no site do órgão regulador, foram abertos processos para avaliar a aplicação da penalidade à Eletrosul e à Chesf, empresas do grupo Eletrobras com atuação focada nas regiões Sul e Nordeste, respectivamente.

Antes, em julho, a agência já havia decidido suspender por dois anos a participação em licitações de Furnas, a maior subsidiária da Eletrobras, que atua principalmente no Sudeste e deixou de entregar projetos eólicos contratados em uma licitação realizada em 2013.

Procurada, a Aneel disse por meio da assessoria de imprensa que não vai comentar porque as análises estão em andamendo. A agência não deu prazo para a conclusão dos processos.

A Eletrobras afirmou em nota que acredita haver “possibilidade de entendimentos entre a agência e as empresas Eletrobras, a partir das justificativas e evidências apresentadas” pelo grupo para os atrasos nos projetos de Chesf e Eletrosul.

“É importante salientar o elevado esforço desenvolvido pela Eletrobras nos últimos anos com o objetivo de cumprir todos os compromissos da sua concessão”, adicionou a companhia.

No caso da Chesf, a Aneel afirmou em uma nota técnica que a empresa “não concluiu dentro do prazo pactuado nenhum empreendimento de transmissão de energia elétrica em que ela tenha logrado êxito nos leilões”.

Em relação à Eletrosul, a agência analisa uma possível punição à empresa após o grupo fracassar em negociação para transferir um projeto de transmissão no Rio Grande do Sul à chinesa Shanghai Electric.


Últimas

1 até 20 de 5520   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem venceria a eleição para prefeito em Jeremoabo?







Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados