Polícia

Paulo Afonso - Bahia - 19/01/2019

PMs de Paulo Afonso se preparam para atender população surda

Carlos Britto
(Foto: Divulgação)

A Língua Brasileira de Sinais (Libras), que utiliza combinações de movimentos de mãos, braços e expressões faciais para a comunicação, passará a ser utilizada pelos policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Paulo Afonso, no norte da Bahia. A capacitação aconteceu até esta sexta-feira (18), na sede da unidade, por meio de um curso básico de Libras voltado para atendimento de ocorrências policiais.

De acordo com o comandante da unidade, tenente-coronel Carlos Humberto Moreira, os 32 alunos soldados que integram a primeira turma da atualização se tornarão multiplicadores do conhecimento. “Pretendemos promover novas turmas para ampliar cada dia mais o número de PMs capacitados”, enfatizou.

O conteúdo do curso, com duração de 40 horas, foi adaptado para o atendimento de circunstâncias policiais. “Notamos que, em muitas ocorrências, vítimas ou suspeitos eram surdos. Para facilitar o diálogo resolvemos preparar nossos policiais para atender a esse público”, garantiu.

Prática

Os militares são ensinados a solicitar documento de identificação, atender pedidos de socorro, pedir calma, identificar se a ação foi roubo ou furto, além de expressões de cordialidade como ‘bom dia’, ‘boa tarde’, ‘por favor’ – entre outras. As aulas são ministradas voluntariamente pela intérprete de Libras Raiane Silva, que também atua no Projeto Superação, e pela presidente da Associação de Surdos de Paulo Afonso, Eliude Nascimento.


Últimas

1 até 20 de 693   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Em sua opinião, qual é o vereador (a) mais atuante em Paulo Afonso?
















Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados