Regional

Paulo Afonso - Bahia - 09/11/2018

Prefeito de Coronel João Sá corta o próprio salário e adota medidas para conter a crise econômica

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: reprodução
Carlinhos Sobral (MDB)
Carlinhos Sobral (MDB)

Mesmo sabendo que muito provavelmente não se tornará um exemplo seguido nem fará reais diferenças tanto no orçamento brasileiro quanto no trágico cenário político atual, é um verdadeiro alento tomar conhecimento da notícia de que o prefeito de Coronel João Sá, decidiu reduzir em 30% o salário dele e de seu vice. E não só: os secretários também entraram na economia.

Mas a medida não foi só nisso, o prefeito Carlinhos Sobral, determinou que a redução dos subsídios dele e do vice, fixado em 30% e dos secretários municipais em 10% será mantida até o final da legislatura. A determinação foi publicada esta semana e já passa a valer apartir desse mês de novembro.

Em um país que costuma resolver todos os dilemas orçamentários cobrando diretamente do bolso do povo, a lei sancionada pelo prefeito Carlinhos Sobral serve como ótimo exemplo de uma das várias medidas que deveriam ser feitas, não só com funcionário de altos salários como com bancos e grandes fortunas, para ampliar o rendimento do município e do estado sem punir a população.

Por mais que a nova lei de Coronel João Sá não impacte sozinha nas contas de todo o país, seu exemplo é sim efetivo e forte. Agora imagine o impacto da mesma medida em todas as cidades brasileiras.

A cidade de Coronel João Sá, tem uma população estimada em 16.951 habitantes (dados de 2016) e fica a 408 km da capital do estado, Salvador.

 


Últimas

1 até 20 de 1470   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Qual é, na sua opinião, a sua expectativa de vida?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados