Regional

Paulo Afonso - Bahia - 27/03/2018

Minuto de silencio

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Ilustração

A sessão extraordinária de ontem (26) na Câmara de Jeremoabo deveria ter sido encerrada  com um minuto de silêncio em homenagem  ao descumprimento  ao Regimento interno. A sessão que ia discutir supostas irregularidades cometidas pelo governo do município, furou.

Os vereadores da bancada da minoria lamentaram a atitude encabeçada pelo presidente Bino. “Agindo dessa maneira os vereadores governistas agem de acordo com seus próprios interesses contrariando a cidadania ativa e o bem-estar da população“,  disse o vereador professor  Ivande.

Um trecho da nota publicada por Dedé Montalvão no seu Blog,  diz  que “ Os vereadores da oposição agem com firmeza, responsabilidade, competência e honestidade, como agiram hoje dia 26.03.2018, na sessão da Câmara de Vereadores de Jeremoabo, quando prepostos de uma  associação num desrespeito ao regimento daquela casa legislativa, sem requerimento usaram a tribuna livre.

Como os protestos e os justos apelos dos vereadores da oposição não foram atendidos, só restou abandonarem a sessão, como assim fizeram.


Últimas

1 até 20 de 1441   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Você acha que a guarda municipal deve ter poder de polícia?



Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados