Política

Paulo Afonso - Bahia - 11/03/2018

Pouco a comemorar

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: reprodução
Titular da SEDES- Ana Clara Moreira
Titular da SEDES- Ana Clara Moreira

O Brasil teve pouco a comemorar nesse dia da Mulher. A cada duas horas uma mulher é assassinada no país. Pelo menos três por dia o são por questão de gênero, o feminicídio. Contudo, há pauloafonsinas de valor em todos os setores da vida política, esportiva, cultural, social no município, mas também uma situação difícil para mulheres comuns, que continuam a ter pouco o que comemorar em seu dia internacional.

Que o Dia Internacional de Mulher tenha provocado em todos, independentemente de gênero, de orientação sexual, de poder, de recursos financeiros, uma reflexão no tema. E que as mulheres pauloafonsinas ou as que aqui escolherem para viver, a cada dia, sejam mais reconhecidas em seus direitos e possam lutar em condições de igualdade plena com os homens pela dignidade e pelo futuro.

As mulheres pauloafonsinas ainda são sub-representadas na política, embora tenha uma vereadora, Leda Chaves, uma delegada da DEAM, Juliana Fontes, uma delegada Regional Dra. Mirela Santana, uma presidente da ASCOPA, Maria Gorethe Moreira, Nadja Monteiro (SEBRAE), a gerente da agência do Sicoob, Graziele Soares, Valda Aroucha (AGENDHA), e duas secretárias Municipais, de Desenvolvimento Social, e Planejamento, Ana Clara Moreira e Patrícia Alcântara, respectivamente. É pouco. Muito pouco para quem detém um percentual populacional superior mais de 51%.


Últimas

1 até 20 de 4883   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

O que esperar das eleições presidenciais em 2018?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados