Política

Paulo Afonso - Bahia - 02/12/2017

Influência de Paulo de Deus no HNAS, gerou famintos e revolta generalizada

Por: Luiz Brito DRT\BA 3.913
Foto (Divulgação)

Quando finalmente o PMDB deixar o governo talvez o sol volte a brilhar, por ora estamos nas trevas. É absolutamente revoltante as decisões que estão em curso na Chesf, que sofre influência política de um homem que mora em outro estado e que só veio em Paulo Afonso ludibriar 21 mil eleitores que votaram nele. 

Na Chesf hoje, como nunca aconteceu em seus 70 anos de história, se coloca na rua um trabalhador próximo de aposentar para poder suprir a sanha de políticos com suas indicações eleitoreiras que atropelam, inclusive, pessoas que votaram no dito cujo. 

PD já errou de saída, optando por um APA (Administrador  Regional da Chesf) Klewton Ferraz,  cujas decisões são visivelmente mesquinhas, no mínimo questionáveis, basta ver o nível de insatisfação que existe velado nos corredores da Companhia.  

E agora, demitidos em massa, é lógico que as terceirizadas têm dificuldade de pagar os direitos contratuais. "Sempre houve mudança na Chesf de terceirizadas, mas quando elas chegam perguntam se os trabalhadores vão ficar, nunca aconteceu na Chesf uma situação dessas, com pessoas próximas de se aposentar sendo postas para fora, e as demissões dos vigilantes é outro absurdo, a maioria deles votou em Paulo de Deus", me disse um funcionário da Chesf, na condição de anonimato. 

Dia passado, o repórter Gil Leal (RBN), disse ao vivo que precisou ajudar uma família dessas com uma cesta básica, pois estavam passando necessidade. Pois é, Paulo de Deus, com tanta maldade espera-se que o senhor demore mais 12 anos sem pisar aqui.  



Últimas

1 até 20 de 4327   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem Administraria Melhor o Brasil em 2018?











Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados