Opinião

Paulo Afonso - 04/05/2010

ACIDENTE AMBIENTAL NOS EUA

Silvano Wanderley Ferreira
Divulgação

 Quais serão os resultados futuros do maior desastre ambiental considerado no planeta terra, ocorrido na costa oeste dos Estados Unidos, numa plataforma de petróleo? Será que não temos capacidade para rever e procurar novas alternativas de energia renovável e socialmente responsável e sustentável de imediato? Por que estão todos relutando - digo potências mundiais - em não aceitar o fato de que deveríamos investir nestas energias que não afetam o ecossistema, vez que, essas energias não prejudicam o ser humano, pelo contrário, ajudam a perpetuar a espécie humana e são saudáveis no planeta.

Em Chernobyl, até hoje, existem problemas em decorrência daquele acidente, entre as comunidades e suas vitimas, e por incrível que pareça, a natureza, ainda não reagiu em decorrência da quantidade de urânio que vazou e prejudicou toda a biodiversidade da região. Não há previsão de recuperação da vegetação e a região permanece em constante vigilância por parte dos órgãos ambientais e policiais. Quem assumiu esse ônus e passivo ambiental foi a comunidade.

 No Alaska ocorreu semelhante acidente com petróleo por uma companhia do segmento, onde o desastre deixou marcas profundas e prejudicou o ecossistema da região por um bom tempo.

Ou nós paramos de agora em diante com essa idéia, e procuramos novas alternativas de energia responsável, renovável e limpa, ou breve, mas muito breve mesmo, seremos extintos desse cenário e palco de vida que o grande arquiteto e mestre do universo nos concedeu, que o planeta terra.


Busca



Enquete

Para qual partido Jair Bolsonaro deve ir ao deixar o PSL? Vote na enquete!


































Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados