Política

Paulo Afonso - 21/04/2010

Vereadores consideram vergonhoso título de “exportadora de crack para a região” dado a Paulo Afonso por jornais de Sergipe

Washington Luís - da Agência de Notícias de Paulo Afonso (ANPA)
Arquivo

Sob troca de farpas entre parlamentares oposicionistas e o presidente da casa, a Câmara Municipal de Paulo Afonso realizou mais uma longa sessão ordinária nesta terça feira (20), ouvindo do líder da bancada de oposição, Celso Brito Miranda (PSB), explicações sobre seu número elevado de viagens, quando este ocupava o cargo de secretário de saúde do governo municipal anterior. -"Ao comentarem sobre minhas viagens, meus colegas da imprensa me deram a oportunidade de divulgar as ações da Secretaria Municipal de Saúde durante a minha gestão", disse o ex secretário em tom de ironia. Como resultado deste número considerado recorde de diárias recebidas, divulgado durante a semana pela imprensa, Celso Brito destacou a implantação do SAMU, Farmácia Popular, Centro de Abastecimento Farmacêutico, aquisição de ambulâncias para a Zona Rural, entre outros benefícios que segundo ele, o atual governo até agora não conseguiu, apesar de dispor de muito mais recursos financeiros. Em outra esfera, a falta de segurança e o aumento desenfreado do tráfico de drogas na cidade foram lamentados por Osildo Alves (PTN), Marquinhos do Hospital (DEM) e Marcondes Francisco (PRP), que usaram a tribuna para propor ações conjuntas que minimizem esta prática vergonhosa, que nas últimas semanas foi destacada por jornais do estado de Sergipe, citando a cidade de Paulo Afonso como "exportadora de crack para a região".O momento mais aplaudido pelos ocupantes da galeria foi a votação dos vetos do Executivo Municipal às emendas aditivas e modificativas apresentadas pelos Vereadores da bancada de oposição ao Projeto de Lei nº 31, de 31 de agosto de 2009, que prevê a construção da Casa de Apoio ao Homem do Campo, vacinação de rebanhos de caprinos e ovinos dos pequenos e médios produtores, de autoria de Regivaldo Coriolano (PC d B), construção do aterro sanitário, passarelas de pedestres e reforma da ponte de acesso à ilha de Paulo Afonso, de autoria de Gilson Fernandes (PSB) e a que modifica os valores consignados no valor, ano, fonte e global do Programa de Atendimento  e Desenvolvimento da Gestão Legislativa, apresentada pelo presidente da casa, Antônio Alexandre (DEM).


Busca



Enquete

O que vai acontecer na eleição 2020 em Paulo Afonso?





Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados